Qual a diferença entre peça e tarefa?

Você já se perguntou quando usar uma peça e quando usar uma tarefa? Veja aqui as principais diferenças entre elas.

Você sabe quando a atividade que será realizada pelo funcionário deve ser inserida como peça e quando deve ser tarefa no projeto? 

Peça

Em resumo: a peça é utilizada para direcionar atividades que dependem de um fluxo de trabalho, como uma arte, que precisa passar por texto > design > aprovação.

Na peça é possível especificar algumas informações para a execução do trabalho da melhor forma:


Se for uma peça de redes sociais por exemplo, é possível determinar em quais mídias ela vai ser publicada: Facebook, Instagram, Twitter e Linkedin.

Essa informação refletirá nos campos que ficarão disponíveis pra preenchimento de cada rede social. 

É possível também especificar o briefing da peça, o formato, o serviço e replicar a peça (ou seja, fazer uma cópia dela com o número de vezes que você definir - função muito utilizada para projeção de posts no mês).



Essas informações vão ser disponibilizadas para todas as pessoas envolvidas no workflow da peça, que pode ser personalizado da maneira que desejar.

Na verdade, a definição do fluxo dependerá de como funcionam os trabalhos em sua agência, mas o que deve ser levado em conta é que na peça você já pode deixar definidos as datas e responsáveis por cada etapa para execução sequencial.

Veja um workflow de exemplo a seguir:


Desta forma, podemos dizer que peça é um conjunto de etapas referentes à criação de algum serviço da agência que frequentemente segue um fluxo de execução como o exemplo acima.

Tarefa

A tarefa deve ser utilizada para atividades pontuais a serem realizadas dentro do projeto, a grande diferença em relação à peça, é que a tarefa não possui fluxo de execução.

Por exemplo: montar um planejamento, fazer orçamento ou PI, uma reunião com o cliente, geração de um relatório, entre outras atividades que não envolvem a criação da agência e/ou não demandam uma sequência de execução.


Além dessas características, a tarefa possui também uma particularidade. É possível determinar uma "Relação" vinculada à atividade.  Confira:


Quando o funcionário responsável pela tarefa acessar o dashboard de "Minhas atividades" para executá-la, terá disponível o botão direcionando para a relação selecionada.

Ex.: Relação Orçamento. Veja abaixo:

Essa relação faz com que ao clicar no botão:

o funcionário seja direcionado da tarefa para a página de criação do orçamento otimizando a realização da atividade.
Obs.: é interessante que o responsável pela tarefa já tenha dado "Play" no timesheet antes de clicar nesse atalho.


Um ponto importante a ser enfatizado é que nas duas opções existe a possibilidade de contabilizar o tempo gasto para realiza-las através do timesheet.

Ainda precisa de ajuda? É só nos chamar no help@rockcontent.com ou no chat da plataforma e vamos te ajudar!