Como o fluxo do projeto chega na pauta de criação

Neste artigos veremos em poucos minutos como as demandas do atendimento chegam na pauta do criativo.

A chegada do projeto na pauta de criação é o start para vários outros serviços dentro do seu iClips. Por isso, elaboramos um material para ajudá-los a aproveitar ao máximo todos os benefícios de processo tão importante.

O primeiro passo começa no atendimento
Já mostramos anteriormente como o status do projeto e da peça são importantes para o encaminhamento da peça para o criativo -  se você ainda não viu, clique aqui e fique por dentro dessa informação. Após o preenchimento dos dados iniciais do projeto, como briefing, peça e descrição, chegou a hora de encaminhar a demanda para pauta de criação.

Como é feito a distribuição de peças pelo atendimento ou pelo tráfego/diretor de projetos?
Existem duas formas para realizar a distribuição das peças para o tráfego. São elas: Pelo atendimento no momento da abertura do projeto, ou pelo dashboard de gestão de atividades.

Como distribuir as peças pelo atendimento?

Se sua agência usa o próprio atendimento para realizar a distribuição das peças, essa ação é feita no momento da inserção das peças no projeto. Basta inserir clicar em "workflow", abrir a etapa e preencher uma data de início e fim, hora início e fim da realização da atividade e também o responsável que receberá essa demanda.

                                                               

Ao escolher essa opção de data início/fim e responsável, automaticamente a peça é encaminhada para o dashboard de "Minhas atividades" da pessoa pautada.

Como distribuir as peças usando o tráfego?

Com certeza, essa é a melhor opção de distribuição para sua agência. Através do dash de gestão de atividades será possível visualizar a agenda dos funcionários e escolher o responsável de acordo com sua disponibilidade.
Uma forma de visualização e distribuição é usando o modelo em Kanban, que permite acompanhar o caminho que a atividade está dentro do iClips.

Outra forma de visualização é o modelo em Gantt, que traz a visão da pauta dos colaboradores (lembrando que é o único lugar onde conseguimos ver a pauta geral dos funcionários) e também reajustar alguma informação clicando sobre a atividade.

                                                           

Após visualizar para qual funcionário a peça será encaminhada, é necessário alocar essa demanda. Para isso, você poderá utilizar o calendário arrastando a atividade para a pauta da pessoa.

                                                       

Outra tela que conseguimos realizar a distribuição é pela visualização em "blocos" do dashboard, através dos itens "peças sem responsáveis" e "peças sem data".

                                                 

E por fim, a última visualização que me permite realizar essa distribuição, ainda pelo dashboard do gestão de atividades, é através da visualização em lista. Para acessar o campo onde serão inseridas as informações voltadas para a distribuição, basta clicar sobre a peça a ser direcionada.

Pauta de criação

Após a distribuição, o responsável receberá em seu dashboard de minhas atividades a peça que será trabalhada na coluna "Novas".

 

Conclusão

Uma distribuição bem feita é fundamental para que sua agência aproveite melhor os recursos humanos e planeje de forma mais assertiva os responsáveis por cada etapa do processo de criação. Melhorando assim, sua produtividade e evitando a perda dos prazos.

E aí, este artigo ajudou? Avalie e compartilhe com sua equipe! ♥