Como gerar boleto com registro no iClips

 A FEBRABAN (Federação Brasileira dos Bancos) anunciou em 2015 que os boletos gerados sem registro estariam com os dias contados. E esse dia chegou! A partir de meados de 2017 todos os boletos emitidos deverão ser registrados. O motivo da mudança é oferecer ao consumidor maior segurança ao efetuar pagamentos e garantir às instituições o recebimento destes valores.
Se sua agência tem o iClips, você não precisa se preocupar com isso! Através do sistema é possível gerar boletos com registro de forma rápida e eficiente. Aqui vão algumas instruções sobre como realizar o procedimento: Inicialmente você precisará cadastrar os dados do boleto de acordo com sua conta bancária no iClips. Acesse financeiro > conta > edite a conta bancária > dados do boleto. Caso tenha dúvidas nesse preenchimento consulte seu banco para saber as informações corretas a serem inseridas.

 Após cadastrar os dados do boleto vinculado a conta bancária, você irá gerá-lo a partir de algum lançamento “a receber” no iClips, acessando financeiro > lançamentos. Você precisa selecionar o lançamento "a receber" no checkbox, clicar em "Três Pontinhos" e na opção "Gerar Boleto" conforme imagem abaixo.

Ao clicar em “Gerar Boleto”, um pop-up é mostrado na tela pedindo para selecionar a data de vencimento. Você também pode ao clicar em editar o lançamento e pressionar o botão “Gerar Boleto” no canto superior direito da página.

Definindo a data, você pode escolher entre simplesmente gerar o boleto em PDF, aparecendo em outra guia do seu navegador, ou enviar para o e-mail cadastrado no perfil do cliente dentro do sistema. É importante ficar atento com esses dados, já que o sistema não exige uma confirmação do e-mail nesse momento!

Feito isso você poderá acessar financeiro > boletos, selecionar o boleto que foi gerado e clicar em "gerar arquivo de remessa", este arquivo deverá ser imputado em seu internet banking para que o banco reconheça a existência deste documento.

Quando selecionar a opção "gerar arquivo de remessa" você precisa marcar optar pelo CNAB 240 ou CNAB 400, que é relativo à um formato padrão que os bancos utilizam para trocar informações com seus usuários. Este tipo de padronização permite que o arquivo a ser recebido ou enviado, não tenha grandes alterações em seus layouts de banco para banco. Para saber a melhor opção a ser utilizada, você precisará consultar seu banco, e se informar com qual posição ele trabalha. 

Além de gerar boleto com registro, você também poderá fazer a conciliação dos boletos com seu arquivo de retorno, saiba mais aqui.

Encontrou sua resposta?